24/03/2017 15:45

Quantidade de visualizações: 476

Decom

Tudo pronto para a abertura da Temporada 2017 da Orquestra Sinfônica de Mato Grosso. O espetáculo de hoje será mesclados a clássicos da música de fronteira, floreados na gaita ponto de Renato Borghetti. O concerto aberto à população será na Praça das Fontes, às 20h. Antes disso, o grupo adulto do CTG Recordando os Pagos se apresentará a partir das 19h.

“Milonga para as missões” é a composição escolhida para abrir o espetáculo. Na sequência, o público poderá conferir chamamés, vanerão e muita milonga em harmonia com o ritmo erudito. Nesse cronograma, as consagradas “Mercedita”, “Redomona” e “Minuano” também têm seus lugares reservados. Os instrumentistas irão garantir o compasso, “e o público será o nosso cantor”, acrescenta o maestro regente e secretário de Estado de Cultura, Leandro Carvalho.

O convidado de hoje, mestre na gaita ponto, Renato Borghetti, destaca que quem for até a Praça poderá perceber a junção do sotaque próprio da música regional com a orquestra erudita. “A orquestra saí do local fechado e vem para o espaço da música popular, em uma perfeita junção. Essa é uma filosofia das orquestras do mundo”, pontua o músico, destaque em festivas europeus como na Áustria, Croácia, República Tcheca e Alemanha, entre outros.

Leandro salienta que o concerto de hoje traz especialmente para Sorriso um dos ícones da cultura sulista. “Em Sorriso, como no Estado todo e também na Orquestra, temos muitos sulistas, então hoje contamos com um ícone da musica sulista aqui. Nosso Estado é formado por gente de todas as regiões do país e buscamos sempre contemplar todas as expressões culturais buscando músicos de todas as regiões”.

O maestro destaca ainda que a Orquestra trabalha com ícones de todo o país, celebrando os 130 anos de Villa Lobos, Suassuna, Hernz e o violino popular, por exemplo. “A Orquestra toca aquilo que toca o coração”, diz. Leandro explica que as composições mesclam o erudito com o popular, e o fato leva o público a cantar junto porque se sente representado, “como aconteceu em Sorriso há dois anos atrás quando viemos com outro Renato, o Teixeira”, lembrou.

Com 13 anos de histórias musicais, a Orquestra Sinfônica já se apresentou em 25 municípios mato-grossenses. “Essa é a primeira vez que realizamos a abertura de uma temporada no interior e Sorriso foi o município escolhido”, conta o maestro regente. Fora do Estado, a Orquestra já esteve em 120 cidades de 23 estados brasileiros.

A diretora do departamento de Cultura, Luana Castro, salienta que a apresentação da Orquestra em Sorriso conta com o apoio total da Prefeitura Municipal, com a disponibilização de estrutura de palco, som e hospedagem.

Serviço:

O que: abertura da Temporada 2017 da Orquestra Sinfônica

Renato Borghetti e o som que vem dos pampas

Quando: hoje, às 20h

19h apresentação do Grupo Adulto do CTG Recordando os Pagos

Local: Praça das Fontes

Gratuito