19/03/2017 09:27

Quantidade de visualizações: 370

Fernando Luiz com G1

Uma simples viagem até Macapá quase se tornou um verdadeiro pesadelo para a delegação do Fast-AM. Nesta sexta-feira, o voo que levava a equipe para o duelo contra o Santos-AP, neste domingo teve que fazer um pouso forçado em Belém por causa da chuva e uma suposta falta de combustível.

Pela logística do clube, a expectativa é que a delegação desembarcasse em Macapá na noite da ultima sexta feira depois de duas conexões (Brasília e Belém). O voo até a capital amapaense deveria durar cerca de 50 minutos, mas devido às fortes chuvas na região, o avião deu voltas, tentou posar duas vezes e retornou a Belém, pois, segundo o comandante, o combustível não era suficiente para aguardar o final da chuva.

Assustada, a delegação do Fast teve que dormir no aeroporto Júlio Cezar Ribeiro, em Belém, enquanto aguardava o voo seguinte para Macapá. Para não atrapalhar ainda mais o planejamento, o time amazonense resolveu manter o treino de reconhecimento no Estádio Zerão, em Macapá, marcado para este sábado.

No primeiro jogo da fase inicial da Copa Verde, o Fast derrotou o Santos-AP, por 1 a 0 e joga por um empate no duelo de volta. Quem passar pelo confronto encara o Remo na próxima fase.