14/03/2017 16:17

Quantidade de visualizações: 2516

g1


Um golpe que está sendo aplicado pela internet permite que criminosos acompanhem a movimentação financeira daqueles que tentam acessar o saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), segundo informou o SPTV nesta terça-feira (14).

O professor especialista em Informática Edivaldo Sartor alerta para os riscos. "Se ele está instalado na sua máquina, pegando as suas informações e você não sabe, nesse meio tempo você pode fazer o cadastro de uma loja onde você vai colocar o número do seu cartão de crédito, o código de segurança, usuário e senha, e ele está, literalmente, vendo isso e mandando para um site que você não faz a menor ideia de onde é", diz o professor.

O valor quebrado do saldo no e-mail falso dá um toque de autenticidade à mensagem, que inclui também o endereço legítimo do site da Caixa. Apesar de ser possível consultar o saldo no site oficial da Caixa Econômica, o banco não envia e-mail aos usuários sobre contas ativas ou inativas. Pelo celular, existe apenas um aplicativo oficial, em que aparece parte da bandeira do Brasil.

O superintendente Regional da Caixa Clayton Rosa explicou que o banco só manda mensagem para usuários por meio de SMS cadastrado. “A pessoa deve ter muito cuidado, porque os oportunistas, nessas horas, se aproveitam da situação”, alerta Carneiro.

Cerca de 3,3 milhões de brasileiros receberam os recursos do seu FGTS de contas inativas na última sexta-feira (10), de acordo com informações divulgadas pela Caixa Econômica no sábado (11) pela manhã. Ao todo, o volume já entregue a população somou R$ 3,8 bilhões. Dentre esse grupo, 1,4 milhão efetuaram o saque do FGTS nas agências da Caixa e nos canais de autoatendimento do banco na sexta, retirando R$ 1,8 bilhão.