10/03/2017 08:34

Quantidade de visualizações: 335

Eduardo Turella com Olhar Direto

Foto: Chico Ferreira/Futura Press

O Luverdense foi dominado pelo Corinthians na noite desta quinta-feira (09), na Arena Pantanal, em Cuiabá. O time mato-grossense pouco criou e viu os paulistas saírem na frente na briga pela vaga na próxima fase da Copa do Brasil. O primeiro tempo foi primordial para que o ‘Timão’ conseguisse a vitória. Na segunda etapa, o alvinegro apenas segurou o placar e controlou o duelo. A volta acontece na próxima quinta-feira (16), na capital paulista. Ao todo, foram 13.248 pagantes.

O Corinthians conseguiu a vitória já no primeiro tempo do confronto. Com a mesma escalação que ganhou do Santos, o time entrou forte e conseguiu o primeiro gol aos 20 minutos. Guilherme Arana cruzou, e Rodriguinho completou para o gol. Quatro minutos depois, Gabriel acertou belo chute de fora da área, marcando pela primeira vez pelo Timão.

No segundo tempo o ‘Verdão do Norte’ até que tentou diminuir o placar, chegou a ensaiar uma pressão, colocando inclusive uma bola na trave do goleiro Cássio, mas sem sucesso. Com o resultado favorável, o Corinthians apenas controlou o jogo. Com os 2x0, a equipe paulista pode perder de até um gol de diferença, desde que não sofra nenhum. O mesmo placar, para os mato-grossense, leva a partida para os pênaltis.

Chamou a atenção o segundo gol da equipe corintiana. Um dos auxiliares chegou a levantar a bandeira marcando impedindo por entender que Jô participou do lance no chute de Gabriel. Porém, o árbitro da partida desconsiderou a marcação de seu assistente e validou o tento para os paulistas. A situação gerou uma reclamação assídua dos jogadores do Luverdense.

Além disto, membros da torcida do Corinthians também podem complicar a vida do time na sequência da Copa do Brasil. Alguns sinalizadores foram acendidos e a partida teve de ser interrompida durante alguns minutos. A Polícia Militar foi acionada, esteve no local, mas não há informação de que alguém tenha sido detido. A situação pode gerar uma punição ao alvinegro.

Ao todo, foram 13.248 pagantes. A renda bruta da partida foi de R$ 807.710,00. Os dois times voltam a campo no domingo pelos seus respectivos estaduais. No Paulistão, o Corinthians visita a Ponte Preta às 16h, no Moisés Lucarelli. No Mato-Grossense, o Luverdense encara o Cacerense, às 18h, no Geraldão.

"Entramos apáticos no jogo, um pouco abaixo. Temos desvantagem, mas nada é impossível. Vamos tentar algo a mais para surpreender", disse o volante Ricardo do Luverdense, após o apito final.