14/01/2017 17:05

Quantidade de visualizações: 671

Fernando Luiz com ascom Aprosoja

A Caixa Econômica Federal iniciou neste mês os processos de pré-custeio para a safra de soja 2017/18. A informação foi repassada à Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) e à Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato).

O gerente regional da instituição bancária, João Henrique Cruz de Oliveira, informou que os novos clientes podem obter autorização de crédito diretamente na agência, sem necessidade de passagem por outros canais de análise internos. “É possível para contratação de volumes de até R$ 1 milhão, que podem ser liberados de acordo com o perfil do produtor e garantias ofertadas”, explicou.

Para produtores rurais que já são clientes do banco, poderá ser liberado até R$ 1,8 milhão. O banco não cobra a tarifa de 0,5% de análise de crédito. O gerente informou que 16 municípios do interior de Mato Grosso, além de Cuiabá e Várzea Grande, agora têm mesas exclusivas para atendimentos de clientes do agronegócio.

São eles: Água Boa, Campo Novo do Parecis, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Primavera do Leste, Rondonópolis, Sinop, Sorriso e Tangará da Serra. Em Cuiabá, nas agências Paiaguás e Miguel Sutil, e em Várzea Grande, na agência Couto Magalhães.