15/08/2016 17:54

Quantidade de visualizações: 618

Fernando Luiz com assessoria

Em todas as regiões de Mato Grosso a safra de soja foi marcada por dificuldades relacionadas ao clima, que também levaram apreensão ao produtor rural no cultivo do milho e do algodão segunda safra. Prever ao certo o que vai acontecer é impossível, mas com conhecimento e planejamento o produtor pode se proteger ou reduzir perdas. E é com o objetivo de auxiliar a classe agrícola a se preparar para a safra 2016/17 e com o tema “De olho nas mudanças”, que a Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária de Mato Grosso, Fundação MT, realiza mais uma edição do É Hora de Plantar.

Nesta terça-feira (16), o evento acontece em Sorriso, a partir de 18h30, no Centro de Eventos Ari José Riedi. As inscrições são gratuitas e feitas no local. Através de especialistas, o evento leva os resultados atuais da pesquisa agronômica e as projeções e recomendações para o planejamento seguro da safra 2016/17 no que se refere a doenças, clima e solo. Os municípios de Confresa, Querência, Rondonópolis e Primavera do Leste já receberam o evento em sua primeira rodada. Nesta semana, além de Sorriso, o roteiro segue para Nova Mutum, Tangará da Serra e Campo Novo do Parecis.

A programação é formada por três momentos: Controle de Doenças: Recomendações para Safra 2016/17; Impactos do La Ninã nas Culturas de Soja, Milho e Algodão na Safra 16/17; e Resultados de Pesquisa e Implicações Práticas para as Safras Seguintes. “Tivemos ocorrência reduzida e irregular de chuvas nos meses de outubro a dezembro, ocasionando atraso de plantio, estabelecimento irregular das lavouras e restrições hídricas para o desenvolvimento da soja, como nunca visto no Estado neste período. Agora, no planejamento da próxima safra, queremos debater com os produtores e técnicos o que é possível fazer para estar ainda mais preparado para as mudanças que sempre podem acontecer”, destaca Leandro Zancanaro, gestor de Pesquisa da Fundação MT e um dos palestrantes do É Hora de Plantar.

Boletim de Pesquisa - Os participantes do É Hora de Plantar em todas as cidades terão a oportunidade de adquirir com a equipe da Fundação MT exemplares do Boletim de Pesquisa 2015/16, publicação da instituição com informações e resultados de pesquisa sobre as culturas de soja, milho e algodão. O conteúdo do Boletim de Pesquisa, descrito em mais de 500 páginas por pesquisadores da Fundação MT e por grandes especialistas do Brasil, contempla capítulos sobre clima, qualidade de sementes, manejo do solo, sistemas de produção, nematoides, plantas invasoras, pragas, doenças e tecnologia de aplicação. O exemplar custa R$ 100 e é comercializado somente em dinheiro.